• 193 
  •  
  •  
  •  
  •  

Corpo de Bombeiros RJ homenageia militares que morreram em serviço

Dezessete bombeiros fazem parte da lista de heróis que atuaram na tragédia da Ilha do Braço Forte
 
 
O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) lembrou, nesta segunda-feira (07.05), a tragédia da Ilha do Braço Forte, que vitimou 17 militares da corporação, no dia 6 de maio de 1954. Em cerimônia realizada no Quartel Central, o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Roberto Robadey, e o subchefe do Gabinete de Intervenção Federal, general Paulo Roberto Rodrigues Pimentel, homenagearam os heróis que morreram no cumprimento do dever. A ocasião marcou, ainda, o lançamento do Portal Memorial Eterno Herói (http://www.cbmerj.rj.gov.br/index.php?option=com_sppagebuilder&view=page&id=276).
 
- A tragédia da Ilha do Braço Forte é um marco simbólico para o Corpo de Bombeiros do Rio. Esta é uma homenagem mais do que justa e merecida para estes e outros membros da nossa tropa que perderam a vida em serviço tentando salvar o próximo - disse o coronel Roberto Robadey. 
 
Durante a cerimônia, as famílias dos bombeiros receberammedalhas, flores e participaram do tradicional toque de silêncio. A banda sinfônica do Corpo de Bombeiros fez uma apresentação, que contou com a participação do grupo de gaiteiros Brazilian Piper.